Rhodia pode ser primeira companhia livre de gás

Nos próximos dias, a companhia industrial química Rhodia irá entregar ao governo federal um plano para se tornar a primeira consumidora industrial livre de gás natural do estado de São Paulo. Se aprovado, o plano deve ser implementado já no primeiro semestre de 2020 e deve reduzir o custo do gás em 40%.

A empresa não entrou em detalhes sobre os fornecedores da matéria-prima, mas afirmou que já recebeu propostas para suprimentos a preços competitivos. “Queremos antecipar as medidas que permitirão a queda do preço do gás (no país)”, afirmou Daniela Manique, presidente do grupo Solvay na América Latina.

Contudo, a Rhodia precisaria de acesso de infraestrutura, hoje monopolizada pela Petrobras. Porém, o Termo de Compromisso de Cessação (TCC) firmado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) tem prazo acertado até dezembro de 2021, o que possibilita um tempo hábil para a empresa organizar suas ações.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta