Rio de Janeiro pode receber bilhões em investimentos com leilões de petróleo

O Estado do Rio de Janeiro, que conforme a Panorama Offshore vem divulgando, está passando por momentos de tórrida crise financeira. Contudo, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), os dez leilões de petróleos marcados para acontecer em deste ano até 2019, podem ser o oxigênio necessário para alavancar o Estado e o país. O cálculo na ANP prevê o rendimento de US$ 30 bilhões de dólares para o Rio.

O valor considera o aporte necessário para desenvolver os campos localizados no litoral do estado ao longo do contrato de 35 anos. A Agência pressagia ainda que o Estado consiga receber cerca de US$ 8 bilhões em royalties durante as três décadas e meia. São estimados também outros US$ 400 milhões, no mesmo período, em participações especiais (compensação financeira que incide sobre campos de elevada produção). Tudo isso com a expectativa de descoberta de reservas de, no mínimo, 4 bilhões de barris só nos blocos do Rio.

Atualmente, o Estado fluminense tem uma das suas maiores dívidas com a União, de R$ 5 bilhões por ano, cálculo este, que vem sendo negociado. Mas além do Rio, outros estados brasileiros devem ser beneficiados com os leilões, a previsão da ANP é que as licitações gerem US$ 83 bilhões em investimentos no país, além de outros US$ 125 bilhões em investimentos indiretos (com o petróleo a US$ 50 o barril). E o potencial total de reservas estimado nas áreas dos leilões é de cerca de 10 bilhões de barris.

Os investidores estrangeiros têm se mostrado bastante interessados em participar das próximas rodadas de licitação da ANP, segundo o diretor-geral da Agência, Décio Oddone, em declaração durante a feira internacional OTC realizada na semana passada, em Houston, Estados Unidos.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e mantenha-se informando sobre todas as notícias relacionadas ao mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta