Rio Grande do Norte ganhará parque eólico

Chamado de Rio dos Ventos, o parque eólico será instalado no Rio Grande do Norte, com investimento avaliado em cerca de R$ 2,4 bilhões. A confirmação foi feita pela companhia Casa dos Ventos, investidora do projeto. Após conclusão do empreendimento, a estimativa é de que o complexo produza energia suficiente para iluminar em torno de 1 milhão de residências.

A previsão é de que o parque comece a operar a partir do 2º semestre de 2021, com potência instalada de 445 MW, equipado com 106 turbinas eólicas da dinamarquesa Vestas. O empreendimento estima ainda que haja futuramente uma expansão da capacidade de energia, podendo chegar a 950 MW.

De acordo com o diretor de Projetos e Novos Negócios da Casa dos Ventos, Lucas Araripe, cerca de 5% da produção já foi vendida em leilão realizado pelo governo federal no ano passado, enquanto o restante será oferecido a consumidores no “mercado livre de eletricidade”, no qual grandes empresas podem negociar diretamente seu suprimento.

A investidora buscará agora financiamentos junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e ao BNB (Banco do Nordeste) para o empreendimento, que tem operação prevista para o 2º semestre de 2021. Também não estão descartadas emissões de debêntures (aplicações de um empréstimo para uma empresa) para levantar recursos. O complexo eólico de Rio do Vento é dividido em diversas usinas, e eventualmente os interessados poderão fechar contratos que incluam uma opção de compra futura de uma ou mais unidades do parque.

As notícias mais importantes nos mercados de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, tecnologia, onshore e offshore, você lê no portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira em: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta