Rio: projeto de reindustrialização começa no gás natural

O pontapé inicial do Industrializa RJ, um programa de reindustrialização no estado do Rio de Janeiro baseado no crescimento econômico, aconteceu na última terça-feira (11). A primeira das várias reuniões que acontecerão com diversos setores, focando na geração de crescimento, empregos e renda para a população, foi com a indústria de gás natural.

O encontro reuniu mais de 30 representantes de grandes empresas de gás, como Equinor, Ternium, Braskem, Gerdau, Furnas, Natural Energia, Compass, Sepetiba Tecon e Shell, além do BNDES, o principal financiador de infraestrutura no Brasil. O foco foi o projeto 4B para escoamento de gás natural do pré-sal pelo Porto de Itaguaí.

“Temos consciência de que o gás natural será o combustível para o nosso crescimento. Somos o principal hub energético nacional. Respondemos por 79,3% da produção nacional de petróleo e por 61,2% do gás, e isto é uma oportunidade concreta. Temos recebido muitas empresas multinacionais que veem no gás natural uma fonte de energia de transição para suas indústrias. Estamos trabalhando para criar as melhores condições para a chegada de novos empreendimentos e o crescimento daqueles que já estão em nosso estado”, afirmou o governador do Rio, Cláudio Castro.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta