Robôs substituem sondas no offshore

A tarefa das sondas de conectar centenas de segmentos de dutos de extração à medida que são empurrados por quilômetros no fundo do oceano e em rochas que contêm petróleo pode ficar a cargo de robôs. Exemplo disso é o Iron Roughneck, fabricado pela National Oilwell Varco. O que já foi um processo extremamente perigoso no chão da plataforma tornou-se quase completamente automatizado na maioria das situações de perfuração.

A máquina diminuiu a necessidade na área de três para duas pessoas operacionais. Podemos notar na indústria, que conforme a tecnologia avança, a automação nas empresas fica maior, o que pode não ser necessariamente um resultado muito bom para trabalhadores do setor. A substituição de máquinas por homens e mulheres no setor ativo, não é mais história de filmes e livros de ficção científica.

Não deixe de acompanhar a Panorama Offshore e obtenha informações diárias relevantes sobre o mercado de automação, petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore. Acesse o portal da Panorama Offshore e confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *