Rodadas do pré-sal têm 24 empresas habilitadas

Subiu o número de empresas habilitadas para participar das 2ª e 3ª Rodadas de licitações do pré-sal, agendadas para acontecer no próximo dia 27 de outubro. Dez companhias foram habilitadas pela Comissão Especial de Licitação (CEL), para concorrer aos blocos da 2ª Rodada, enquanto que para a 3ª esse número sobe para quatorze.

Apenas a estrangeira Petronas, ainda não possui um contrato de exploração e produção de petróleo e gás natural no Brasil. As outras habilitadas são a ExxonMobil, Petrogal Brasil, Petróleo Brasileiro S.A, Repsol, Shell Brasil, Statoil, Total E&P, Chevron e OP Energia para os blocos da 2ª Rodada.

Já a 3ª Rodada terá a BP Energy do Brasil, CNODC, ExxonMobil, Petrogal Brasil, Petróleo Brasileiro, QPI Brasil Petróleo, Petronas Carigali SDN BHD, Repsol Exploración, Shell Brasil, Statoil, Total E&P, Chevron, CNOOC e Ecopetrol.

De acordo com a Comissão, as empresas aprovadas cumpriram todos os requisitos previstos no edital e estão aptas a participar. A 2ª Rodada do pré-sal ofertará quatro áreas com jazidas unitizáveis, ou seja, adjacentes a campos ou prospectos cujos reservatórios se estendem para além da área concedida. As áreas são relativas às descobertas denominadas por Gato do Mato e Carcará, e aos campos de Tartaruga Verde e Sapinhoá.

Enquanto a 3ª Rodada ofertará quatro áreas localizadas nas bacias de Campos e Santos, na região do polígono do pré-sal, relativas aos prospectos de Pau Brasil, Peroba, Alto de Cabo Frio-Oeste e Alto de Cabo Frio-Central.

O governo espera que, assim como ocorreu na 14ª Rodada de Licitações da ANP, realizada em 27 de setembro, as empresas demonstrem interesse em participar dos leilões. O bônus obtido da licitação foi um número recorde de 3,84 bilhões de reais.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta