Royalties e participações especiais rendem R$ 67 bilhões ao País

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) os royalties e participações especiais irão render cerca de R$ 67 bilhões para o País, divididos entre a União, estados e Municípios. O aumento da arrecadação foi impulsionado pela alta da produção do pré-sal e a disparada do preço do barril de petróleo no mercado internacional.

Neste ano, o pré-sal chegou a atingir a marca de 1,5 milhão de barris de petróleo por dia e, segundo a Petrobras, a expectativa é de aumentar o volume produzido até o ano de 2022. A estatal ainda oferta como meta para o fim do ano a produção de 2,1 milhões de barris de petróleo.

Para o ano de 2019, entrarão em operação três novos sistemas: P-77, em Búzios, P-70, Atapu, e P-68, em Berbigão. Todos possuindo a produtividade de 150 mil barris de petróleo.

O valor obtido através dos royalties e participações especiais, serão de grande importância para o País, o que poderá ser repartido entre setores essenciais como a educação, economia, saúde, entre outros.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *