Saiba como funciona o processo de dessalinização

A dessalinização da água é o processo de retirada do sal presente em excesso de sais minerais, microrganismos e outras partículas sólidas presentes nas águas salgadas e salobras principalmente dos oceanos, transformando-as em água potável. Esse procedimento é realizado através de métodos físico-químico, e cerca de 97% da água presente no planeta são salgadas.

A dessalinização e o bombeamento desta água proporcionam melhorias de qualidade de vida em diversas regiões, mas ainda não é uma tecnologia acessível às populações mais pobres para o uso hídrico em larga escala como na agricultura e em casos onde o local está muito distante de unidades que realizam o processo. Tanto a dessalinização quanto o bombeamento nas áreas mais distantes requerem muita energia para a operação.

Além do alto custo energético, a dessalinização da água geralmente utiliza energia fóssil como fonte — que não é sustentável —, apresentando frequentes alterações de preço e dificuldade de transporte. A utilização de energia solar, eólica, geotérmica e a recuperação de energia são alternativa viável para o uso desta tecnologia de maneira contribuinte para a preservação da saúde ambiental.

A água residual (oriundas de esgotos) apresenta uma concentração de sal muito superior à concentração natural encontrada no mar, contendo resíduos tóxicos que afetam negativamente aos ecossistemas marinhos, como aditivos químicos que são incorporados ao tratamento da água e metais pesados liberados de processos corrosivos que ocorrem dentro das tubulações.

Através do desenvolvimento de avanços tecnológicos que reduzam o consumo de energia e minimizem impactos ambientais, a dessalinização da água se tornaria acessível às populações pobres, e é um fator importante para o combate a escassez de água em todo o mundo, contribuindo significativamente para a melhoria da qualidade de vida de bilhões de pessoas.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta