São Paulo pode receber termoelétrica até 2024

Até 2024 deve começar a funcionar no bairro de Pedreira, zona sul de São Paulo nova usina termoelétrica a gás natural. A construção da unidade foi autorizada pelo então governador do estado Geraldo Alckmin (PSDB), e será de responsabilidade da Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), a Secretaria de Energia e Mineração e a empresa Gasen.

Atualmente o estado de São Paulo importa 63% da energia elétrica que consome. Com a futura usina, o governo estadual espera obter segurança energética para toda a Região Metropolitana. A estimativa é que o parque térmico produza cerca de 6 milhões de metros cúbicos de gás natural por dia.

O consórcio deverá realizar os estudos de viabilidade ambiental, técnica e econômica da usina, obtenção da licença prévia, elaboração do plano de negócios, contratação de fornecedores, negociação do fornecimento de gás natural e a participação em um futuro leilão realizado pela Aneel.

Com potência estimada em 1,6 mil megawatts (MW), a unidade será construída próxima às usinas Piratininga e Fernando Gasparian e utilizará tecnologias na geração termoelétrica a gás natural, que causa baixa emissão de poluentes. A nova usina pode ainda auxiliar no fator empregabilidade no Estado, visto que a unidade poderá abrir inúmeras vagas de empregos para profissionais de todo o País.


Parque Térmico Pedreira

O projeto denominado Parque Térmico Pedreira, teve início em julho de 2015 com o lançamento do edital para a implantação de usinas em parceira com o setor privado. A Emae recebeu 15 manifestações de interesse, totalizando 21 projetos. A Siemens Power and Gas ficou com a participação da construção, implantação e operação de usinas termelétricas a gás natural em São Paulo.

O local em que será construída a unidade já conta com duas usinas termoelétricas: Piratininga (Emae) e Fernando Gasparian (Petrobras), que possuem, em conjunto, 580 MW de capacidade instalada, além da Usina Elevatória de Pedreira, que possui unidade reversível, capaz de funcionar tanto como geradora de energia como bomba de água.

Continue acompanhando tudo o que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, usinas, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / Instagram @panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *