SP tem recorde de arrecadação de petróleo

O aumento da arrecadação na produção de petróleo e gás natural bateu recorde no primeiro trimestre deste ano em São Paulo. Comparado com o último trimestre de 2017, o Estado registrou valor 16% superior, totalizando R$ 444 milhões.O crescimento da produtividade em 8% e o preço do barril de petróleo, regulado pela moeda norte-americana, foram os grandes responsáveis pela receita. O capital, dessa forma, é referente à participação especial dos campos de produção em território paulista.“O aumento da arrecadação de participação especial é resultado da consolidação de São Paulo como o segundo maior produtor de petróleo e gás do país. O Estado vem atuando junto ao Governo Federal na adoção de medidas para atrair investimentos no setor e ampliar a exploração das novas descobertas”, disse o secretário de Estado de Energia e Mineração, João Carlos Meirelles.
Do montante total, R$ 355 milhões foram destinados ao Estado, enquanto R$ 88,8 foram repassados a municípios da Bacia de Santos. Vale ressaltar que esses valores são trimestrais e vão além dos royalties pagos mensalmente pela produção.Nos últimos 10 anos, os tributos provenientes da produção de petróleo e gás cresceram fortemente no Estado e a Secretaria de Energia e Mineração, por meio da Subsecretaria de Petróleo e Gás, esteve empenhada em acompanhar o setor e responder às demandas do mercado. “A ideia é criar um ambiente competitivo para trazer mais investimentos ao território paulista. Com esse trabalho, ofereceremos serviços públicos mais adequados à população”, comenta o subsecretário de Petróleo e Gás, Dirceu Abrahão.Atualmente, o Estado conta com uma produção equivalente a 445 mil barris por dia, sendo extraído um petróleo nobre e de alta qualidade. Segundo o assessor executivo da Subsecretaria, Ricardo Cantarani, esse é um ambiente propício para atrair investidores. “Ao maximizar a nossa produção, conseguimos atrair mais investimentos para o Estado, como a construção de novas refinarias. Isso, além de trazer mais arrecadação, pode gerar renda e empregos a vários paulistas”, completa. Fonte: Portal do Governo de São Paulo.

Continue acompanhando tudo o que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br www.facebook.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta