Sauditas lutam para achar compradores de petróleo extra

Fontes do setor petrolífero disseram à Reuters que a Arábia Saudita está lutando para encontrar clientes para o seu petróleo extra. Devido à queda da demanda causada pelo aumento do coronavírus e do frete, a tentativa do país de conquistar participação de mercado de rivais ao expandir sua produção cai por terra.

Segundo as fontes, as empresas de petróleo vêm reduzindo as taxas de processamento de refinarias e não têm pressa em comprar barris sauditas extras. Sendo assim, a Shell e refinarias norte-americanas estavam comprando menos petróleo dos sauditas, assim como as refinarias polonesas. A Unipec também decidiu não demandar mais petróleo saudita em abril após o aumento das taxas de frete.

A Saudi Aramco não quis comentar o caso. Na última quinta-feira (27), o presidente da Agência Internacional de Energia, Fatih Birol, disse que a demanda global por petróleo deverá cair 20% nos próximos meses.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta