Setor de petróleo deve gerar 500 mil vagas de emprego

A elevação do preço do barril do petróleo e as recentes rodadas de licitação da ANP estão dando novo gás e oxigenando o mercado offshore nacional. Esse “boom” no setor pode movimentar o mercado de trabalho no Brasil, sobretudo no Rio de Janeiro, com possibilidade de ofertar cerca de 500 mil novas vagas de emprego até 2020. A informação é do secretário-executivo de exploração e produção do Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), Antônio Guimarães.

Em curto e médio prazos, diversas áreas devem ter oportunidades em aberto, entre elas limpeza, finanças, marketing, além de inúmeras outras. As contratações e a oferta não devem surgir imediatamente, mas de acordo com o andamento dos processos de exploração e produção de petróleo. Os últimos leilões foram os geradores da desestagnação industrial do setor e as próximas rodadas de licitação de 2018 darão o alavanque essencial para a melhora da movimentação do mercado.

Os recrutadores da área de óleo e gás já estão se movimentando. Contudo, para ter mais chances de obter uma vaga na área, especialistas sugerem conhecimento técnico no setor offshore, bem como gestão eficiente e fluência em inglês. Quer saber mais sobre o mundo do petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore? Continue acompanhando a Panorama Offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br e  www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta