Shell Brasil estuda energia solar e eólica em alto-mar

O presidente da Shell Brasil anunciou nesta sexta-feira (16) que a companhia quer investir em geração de energia solar, tendo buscado autorização com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Além disso, o grupo também estuda investimentos em energia eólica em alto-mar, uma das tecnologias mais modernas de energia renovável, baseada no aproveitamento da força do vento que sopra em alto-mar. O Brasil, inclusive, é um dos maiores potenciais nessa geração de energia do mundo segundo estudo recente do Programa de Assistência Gerencial ao Setor de Energia (ESMAP, sigla em inglês) e Corporação Financeira Internacional (IFC).

Vale ressaltar que a empresa anunciou em 2020 uma meta de investir 35% do orçamento global anual em novas energias e de reduzir em até 65% sua pegada de carbono até 2050. A partir disso, anunciaram também dedicar de 30% a 35% de seu orçamento anual de pesquisa e desenvolvimento (P&D) para novas energias a partir deste ano – anteriormente, esse número chegava a cerca de 10%.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta