Shell investe em 1ª térmica a gás natural do pré-sal

A Shell e seus sócios decidiram investir US$ 700 milhões na primeira termelétrica movida a gás natural do pré-sal, que funcionará em Macaé, na região Norte Fluminense do Rio de Janeiro. Mesmo a crise econômica, ocasionada pela pandemia do novo coronavírus, não foi o bastante para pausar os planos da anglo-holandesa.

A usina terá capacidade de 565 MW e deve entregar a energia a partir de 1º de janeiro de 2023. A capacidade estimada de energia é o bastante para atender o consumo de dois milhões de pessoas. No mais, as obras da termelétrica Merlim Azul começam ainda neste mês.

Além disso, a usina será a primeira a usar o gás natural produzido nos campos do pré-sal, com combustível fornecido pela Shell – que, com o empreendimento, faz sua estreia na geração de energia elétrica no país.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta