Shell monta nova estrutura para energia no Brasil

Na última segunda-feira (5), a Shell anunciou nova estrutura de negócios para comercialização e geração de energia elétrica no Brasil. O projeto da companhia tem o objetivo de desenvolver um modelo integrado de energia no país. De acordo com a multinacional petrolífera, a estratégia em Comercialização e Novas Energias contemplará a geração e armazenamento de energias limpas e gás natural, comercialização e otimização, e vendas a consumidores finais de soluções integradas de energia com a marca Shell.

Hoje, a Shell desenvolve, em modelo integrado, a termelétrica Marlim Azul, em Macaé (RJ), numa joint venture entre a Shell Brasil (29,9%), o Pátria Investimentos (50,1%) e a Mitsubishi Power System (20%). Em fase de construção, a usina terá capacidade instalada de 565,5 megawatts (MW) e será a primeira a usar o gás natural do pré-sal. Já no setor de energias renováveis, a Shell Brasil já solicitou a outorga para a instalação de usinas solares fotovoltaicas em Minas Gerais, totalizando 1,1 gigawatts (GW), e aguarda resolução do pedido.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta