Shell planeja instalar 7 usinas para complexo solar

Recentemente, a Shell anunciou uma nova estrutura para o negócio de energia elétrica renovável e gás natural no país, que busca consumidores livres para o desenvolvimento de projetos de energia fotovoltaica. Agora, a empresa registrou na Aneel o pedido de outorga de sete novas usinas solares fotovoltaicas no município de São João do Rio do Peixe, na Paraíba. 

O pedido faz parte do projeto para o complexo solar Canis, com seis usinas com potência instalada de 48,1 MW e uma, com potência instalada de 34,7 MW. A empresa já soma 31 pedidos de instalação de usinas solares fotovoltaicas no Brasil, que representam 1,423 GW de potência instalada, sendo 1,1 GW em Minas Gerais e 323,3 MW, no estado da Paraíba.

Com a estratégia global de zerar suas emissões de carbono até 2050, a petroleira deve investir US$ 3 bilhões por ano em projetos de energias renováveis a partir deste ano. O CEO da empresa, Ben Van Beurden, já falou sobre o planejamento: “uma empresa como a Shell tem uma escolha. Pode optar por produzir petróleo e gás com as menores emissões possíveis. Ou pode dizer: Se a sociedade deseja obter emissões líquidas zero e realmente queremos ser uma parte integrante dessa sociedade, então precisamos chegar a zero líquidas também”.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta