Somente 5% dos Blocos de petróleo da 11ª rodada de licitações foram explorados nos últimos quatro anos

Em nota técnica divulgada na sexta-feira, 10 de março, a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou que das áreas em mar arrematadas na 11ª Rodada de Blocos Exploratórios de óleo e gás natural, realizada em 2013, apenas 5% da primeira fase exploratória dos ativos foi cumprida. De acordo com o documento, o prazo do contrato está chegando ao fim e precisa ser terminado até meados de 2018.

As concessionárias relataram que ocorreram problemas diversos no cumprimento dos prazos, o que fez com que apenas 61% dos 49 blocos em mar e 37% das 70 áreas em terra tivessem o Programa Exploratório Mínimo (PEM) realizado. Por conta desses atrasos, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) fez uma recomendação à ANP para prorrogar o prazo da fase exploratória da 11ª rodada.

Para a 12ª, a ANP recomendou o adiamento da fase exploratória, por considerar que o leilão foi realizado com sete meses após a realização da 11ª rodada, ainda em 2013. Nos prazos atuais, sua fase exploratória termina em meados deste ano e dos 72 blocos em terra e cumpriu-se, até agora, apenas 13% do PEM.

Continue interagindo com a Panorama Offshore e obtenha informações relevantes sobre o mundo do petróleo, gás e energias. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.



Um comentário em “Somente 5% dos Blocos de petróleo da 11ª rodada de licitações foram explorados nos últimos quatro anos

  • 14 de março de 2017 em 08:58
    Permalink

    Temos um potencial imenso de crescimento, não entendo o fato de não terem explorado ainda mais.

Deixe uma resposta