Suspensa venda de campos de petróleo para a Total

A venda de participações da Petrobras para Total nos campos de Iara e Lapa, no pré-sal da Bacia de Santos, teve liminar de suspensão concedida pelo Juiz Federal da 3º Vara Federal de Sergipe, Edmilson Pimenta. De acordo com Pimenta, a estatal não poderia ter feito parceria, mesmo estratégica, com uma empresa privada sem licitação, por se tratar de um patrimônio nacional.

A transação entre as empresas havia sido negociada em março como aliança estratégica, onde a Total pagaria a vista à Petrobras, o valor de US$ 1,675 bilhão, de um total de US$ 2,225 bilhões, junto com uma linha de crédito no valor de US$ 400 milhões, representando parte dos investimentos da Petrobras nos campos da área de Iara, além de pagamentos contingentes no valor de US$ 150 milhões.

O processo de venda para a Total Brasil E&P era equivalente a 22,5% da participação da Petrobras na área de concessão denominada Iara (campos de Sururu, Berbigão e Atapu) no bloco BM-S-11, e venda de 35% da participação da Petrobras na área da concessão do campo de Lapa.

Continue acompanhando a Panorama Offshore e mante-se informado sobre tudo o que acontece no setor de petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore, continue nos acompanhando. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta