TAG é vendida para franceses e canadenses

A Petrobras concluiu o processo de venda de 90% da sua participação na TAG (Transportadora Associada de Gás S.A.) para o grupo formado pela francesa Engie e pelo fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ). A transação ocorreu na quinta-feira (13), no valor de R$ 33,5 bilhões.

Dos R$ 33,5 bilhões pagos, R$ 2 bilhões serão repassados à liquidação da dívida da TAG com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Em nota, a estatal afirmou que “a Petrobras continuará a utilizar os serviços de transporte de gás natural prestados pela TAG, por meio dos contratos já vigentes entre as duas companhias, sem qualquer impacto em suas operações e na entrega de gás natural para seus clientes”.

Venda após impasse
A venda havia sido suspensa por liminar expedida em maio pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, que determinava que o processo de privatização da subsidiária ocorresse por meio de licitação. No entanto, uma semana depois, durante sessão realizada no plenário, após votação dos ministros que determinou que o Executivo pode vender subsidiárias sem o aval do Legislativo e sem licitação, Fachin revogou a decisão e permitiu a venda da distribuidora de gás natural.

Saiba quais são as principais notícias da indústria nos setores de petróleo, gás, energias, onshore, offshore e tecnologias. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira em www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta