Tensão entre EUA e China faz preço do petróleo recuar

Na manhã desta quarta-feira (27), os preços do petróleo recuavam mais de 1%. O resultado é consequência das tensões que vem envolvendo os EUA e a China, principalmente após o presidente norte-americano Donald Trump ter afirmado que está trabalhando em uma forte resposta à proposta da China de uma lei de segurança para Hong Kong.

O petróleo Brent recuava US$ 0,53, ou 1,47%, a US$ 35,64 por barril, às 8:34 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos caía US$ 0,38, ou 1,11%, a US$ 33,97 por barril.

Na última terça-feira (26), a porta-voz da Casa Branca disse que presidente estava “decepcionado” com os planos da China de impor uma lei de segurança em Hong Kong e tem dúvidas sobre o futuro do território como um centro financeiro global se Pequim for adiante.

Dessa forma, as empresas globais e a demanda de petróleo, que já estavam afetada pela pandemia, podem receber mais um impacto com a deterioração nas relações entre as duas maiores economias do mundo. 

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Um comentário em “Tensão entre EUA e China faz preço do petróleo recuar

Deixe uma resposta