Tinder do gás natural pretende inovar o setor

Com foco em acelerar a abertura de gás natural, a Abrace (Associação Brasileira de Grandes Consumidores de Energia), vai coordenar um projeto que funcionaria como um “Tinder” que visa aproximar os consumidores dos vendedores. A proposta busca viabilizar os primeiros consumidores livres do setor a partir do próximo ano. Apesar da associação coordenar os “encontros”, o fechamento de contrato dependerá do consumidor e vendedor.

A ideia é permitir que compradores e vendedores se aproximem para conversar. De acordo com Paulo Pedrosa, presidente da Abrace, o edital está de acordo com leis de defesa da concorrência, para que não seja confundido ou considerado um cartel. “Vamos dizer quem quer gás, onde fica e de quanto precisa e vamos deixar que alguém se apresente para oferecer. A ideia é que esse movimento ajude a encontrar soluções e também identifique barreiras que possam ser removidas”, disse Pedrosa.

Aqui você confere informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, tecnologias, Petrobras e offshore e onshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta