Total desiste de explorar blocos no Norte

A petroleira Total informou a desistência em explorar os blocos na Bacia Foz do Amazonas, na região Norte do país. O comunicado foi feito na última segunda-feira (7).

O motivo da desistência está relacionado à polêmica gerada desde o início do anúncio da atividade exploratória na região, que é considerada uma das mais ricas em biodiversidade no mundo por diversos ambientalistas. De acordo com a Total, as empresas parceiras, Petrobras e BP, já foram informadas da desistência de exploração, assim como a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A Agência, inclusive, irá abrir um prazo de seis meses para nomear um novo operador dos blocos da região. “Nesse período, a Total tem a função de continuar monitorando todos os processos regulatórios em nome de seus parceiros Petrobras e BP”, comunicou a empresa.

Vale lembrar que em dezembro de 2018, o Ibama já havia negado as licenças para a atividade exploratória e informado à Total que não cabiam mais recursos, por se tratar de um projeto com “deficiências técnicas”.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta