Total quer produzir combustível renovável em refinaria

A Total anunciou que pretender suspender o refino de petróleo em Paris e investir cerca de 500 milhões de euros (US$ 582 milhões) na produção de combustível renovável e bioplásticos até 2024. As novas usinas irão substituir as instalações já existentes de refino.

A decisão da empresa reflete a crescente demanda por energia e produtos mais verdes, e é pautada no compromisso da Total em reduzir sua exposição a hidrocarbonetos, assim como suas emissões de carbono. O comunicado foi feito nesta quinta-feira (24).

Assim, o refino de petróleo bruto em Grandpuits-Bailly-Carrois, localidade francesa, será suspenso até março de 2023, e o armazenamento de hidrocarbonetos tem previsão para ser encerrado no fim do mesmo ano. Já para 2024, o foco será a produção de diesel renovável, principalmente para aviação, reciclagem de plásticos e bioplásticos e a operação de duas usinas solares.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta