Total tem licença para perfuração rejeitada pelo Ibama

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) rejeitou o pedido da licença ambiental feito pela estatal francesa Total para a perfuração marítima referentes aos blocos FZA-M-57, FZA-M-86, FZA-M-88, FZA-M-125 e FZA-M-127 na região da Foz do Amazonas, devido a problemas técnicos que foram identificados durante o processo de licenciamento.

De acordo com Suely Araújo, Presidente do Ibama, o Plano de Emergência Individual (PEI) da estatal possui chances de haver vazamento de óleo nos recifes biogênicos, Corais da Amazônia, e afetar a biodiversidade marinha da região.

O instituto assegurou estar aberto para conversações com a empresa Total para esclarecer todos os possíveis problemas. Neste ano, foram emitidas 24 licenças no setor petrolífero e autorizações para atividades sísmicas. Essa medida realizada pelo Ibama favorece o meio ambiente e os recursos naturais.

Mantenha-se informado sobre tudo o que acontece no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore aqui no Portal da Panorama Offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui! Confira: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *