Trump planeja expandir perfuração offshore no Ártico

O presidente dos Estados Unidos Donald Trump está preparando uma ordem executiva para abrir novas áreas dos oceanos Ártico e Atlântico para perfuração de petróleo e gás. Trump está trabalhando no processo apenas alguns meses depois que o ex-presidente Barack Obama proibiu a perfuração offshore no Atlântico e no Ártico.

Em dezembro de 2016, Obama indefinidamente bloqueou a perfuração em vastas áreas de águas dos EUA. De acordo com ambientalistas, a atividade industrial no Ártico prejudicará as baleias e outros animais selvagens e aumentará a ameaça do aquecimento global.

A ordem de Trump poderia iniciar o processo de desfazer as ações de Obama. De acordo com relatos, o próprio Trump provavelmente teria que se aproximar de um tribunal para remover a proibição. Se essa proibição fosse removida com sucesso, veríamos a venda de novos direitos de petróleo e gás offshore no Ártico e no Atlântico.

Estima-se que o Ártico dos EUA contenha 27 bilhões de barris de petróleo e 132 Tcf (trilhões de pés cúbicos) de gás natural. Este movimento poderia beneficiar empresas de energia (XOP) como Royal Dutch Shell, Chevron Corp (CVX), Exxon Mobil (XOM) e Statoil. Este movimento também poderia beneficiar as empresas de perfuração offshore, como Seadrill (SDRL), Transocean (RIG), Diamante Offshore (DO) e Noble (NE).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta