União: parcela por contratos de partilha cresce 50%

Segundo o Boletim Mensal de Contratos de Partilha de Produção divulgado pela Pré-Sal Petróleo (PPSA), na última segunda-feira (13), o volume de petróleo obtido pela União com os contratos do regime de partilha cresceu 50% nos primeiros cinco meses de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019. 

De acordo com a PPSA, no período entre janeiro a maio deste ano, a parcela de petróleo da União nos três contratos que já estão em produção chegou a 1,5 milhão de barris. Em maio, a média diária produzida no regime de partilha no pré-sal caiu 25%, em comparação com abril, devido ao procedimento de troca da linha de produção de óleo de 8 polegadas para linha de serviço de 6 polegadas no fim de abril, além da interrupção da produção devido a ondas acima de 4 metros no fim de maio. 

Em comparação o mesmo período em 2019, a produção dos três consórcios considerados no boletim cresceu 5%. O relatório também informou que dos 17 contratos firmados no regime de partilha, três já estão na fase de produção: Libra, Entorno de Sapinhoá e Sudoeste de Tartaruga Verde.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta