Vazamento de óleo pode trazer crise ambiental

Depois dos incêndios na região da Amazônia, o Brasil pode estar enfrentando uma nova crise ambiental. Nesta semana, o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) atualizou o quadro das localidades atingidas pelo vazamento de óleo no litoral do Nordeste: agora são 138 áreas, mais de 60 municípios e 9 estados afetados.

“É um fenômeno muito estranho que não dá sinais de estar retrocedendo”, disse o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, em audiência pública na Câmara dos Deputados. Até agora a estatal já recolheu 133 toneladas de resíduo em diferentes estados e continua buscando minimizar os impactos causados pelo derramamento de óleo na região.

Técnicos da Petrobras apontam a Venezuela como a fonte mais provável, segundo o jornal Folha de S. Paulo. Outra especulação que os pesquisadores consideram é que o petróleo tenha sido ilegalmente jogado no mar por um navio. O presidente Jair Bolsonaro destacou, nesta semana, que o óleo pode ter vindo de um ato criminoso.

Veja aqui o mapa do desastre na região nordeste;

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta