Xisto americano faz aumentar projeção da Opep sobre produção de petróleo

Com o aumento da atividade de exploração do xisto betuminoso nos Estados Unidos, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) elevou suas estimativas para a produção de petróleo, entre produtores fora do cartel, para 400 mil barris por dia este ano de 2017.

A estimativa anterior era de 240 mil b/d, atingindo na média o nível mais de 57,7 milhões de barris/dia. A crescente na projeção surgiu após uma queda de quase 10% nos preços do petróleo na semana passada, o que  aumentou a possibilidade de o setor de xisto impedir o acordo de redução de produção da Opep.

Os números já refletiram no valor do petróleo, que este mês de março já caiu quase 7% para US$ 51,79 o barril, o tipo Brent, enquanto o West Texas Intermediate (WTI) foi para US$ 48,73, o barril, caindo quase 10%. Apesar da demanda mundial ter sido revisada e estando em crescimento, bem como a Opep afirmando que no segundo semestre não haverá excedentes, os produtores ainda estão receosos em relação a redução dos estoques.

Conforme a Panorama Offshore vem divulgando, apesar de recente redução, os estoques de petróleo continuam bem acima da média, acumulando 3 bilhões de barris. Entre os países fora do grupo quem deve cooperar com os estoques inflados são os EUA, que visam acrescentar 340 mil barris/dia.

Continue interagindo com o Panorama Offshore, o portal que é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

7 comentários em “Xisto americano faz aumentar projeção da Opep sobre produção de petróleo

Deixe uma resposta