Alasca é retirado do planejamento de petróleo e gás

A Casa Branca, sede da presidência norte-americana, fez um anúncio informando que para proteger o ecossistema regional e comunidades costeiras, a área de planejamento da Bacia Norton e partes da área de São Mateus, Mar de Bering do Norte, no Alasca, foram retiradas do planejamento de futuro leasing de petróleo e gás.

Contudo, os planos de locação de cinco anos emitidos pelo Departamento do Interior não incluem planos de leasing financeiro nas áreas retiradas, portanto não haverá necessidade de mudanças. A área total onde haverá o planejamento equivale a 40.300 milhas quadradas.

Segundo a Casa Branca, o espaço que não será locado abrange 112.300 milhas quadradas e representa um ecossistema oceânico de alta latitude estremamente produtivo, agregando uma das maiores migrações sazonais de mamíferos marinhos do mundo, que incluem milhares de baleias, centenas de milhares de morsas, focas de gelo e milhões de aves migratórias.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *