Aneel mantém proibição de corte de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, na última terça-feira (21), a revisão da resolução normativa nº 878/2020, que estabelece um conjunto de medidas para garantir a continuidade do serviço de distribuição de energia em meio à pandemia. Com a aprovação, a proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores classificados como baixa renda vai até o fim de 2020. 

Inicialmente, o prazo da proibição do corte de luz iria até o dia 31 de julho, mas a agência decidiu estender a data para os beneficiados pela Tarifa Social de Energia Elétrica. Além dos consumidores de baixa renda, também serão beneficiados pelo novo prazo, as pessoas que não estejam recebendo fatura impressa, consumidores em locais onde não há posto de arrecadação e que utilizam equipamentos essenciais à vida.

No entanto, a partir de 1º de agosto, volta a ser permitido a possibilidade de corte de energia para consumidores residenciais e as relacionadas ao fornecimento de energia aos serviços e atividades considerados essenciais, desde que os consumidores sejam reavisados.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta