ANP apura preços abusivos em postos de combustíveis

Por conta do recente aumento no valor do barril de petróleo, alguns postos dispararam o preço de seus combustíveis. Após algumas denúncias, fiscais da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) percorreram as bombas abastecedoras na região do Distrito Federal a fim de verificar possíveis aumentos injustificados.

Somente na última quinta-feira (19), foi solicitado a 320 estabelecimentos a apresentação das notas fiscais de compras das últimas semanas. Segundo a ANP, o valor do combustível é livre e estipulado pelo fornecedor, mas não é permitida a cobrança abusiva em cima de um estoque comprado a um preço antigo.

De acordo com Ottomar Lustosa, membro do Núcleo Regional de Fiscalização da ANP, o órgão continuará fiscalizando possíveis irregularidades e encaminhando os casos às entidades competentes para averiguação dos valores excessivos.

Por fim, é importante ressaltar que os postos que forem flagrados praticando preços abusivos poderão receber multas que chegam a até um milhão de reais.

Mantenha-se atualizado sobre o universo P&G e outras notícias pela Panorama Offshore. Tenha as últimas informações sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, gasolina, Petrobras, offshore e muito mais! Nos acompanhe nas redes sociais através do www.panoramaoffshore.com.br, www.facebook.com/panoramaoffshore e www.instagram.com/panoramaoffshore.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta