Arábia Saudita recorre a estoques

Nesta última quarta-feira (18), o barril Brent caiu 1,5%, a US$ 63,60, enquanto o barril WTI fechou em queda de 2,1%, a US$ 58,11, encerrando mais um dia com as cotações do petróleo em baixa. Diante dessa queda, a Arábia Saudita está tentando recorrer aos estoques, para manter seu abastecimento de petróleo a clientes.

Mesmo com os recentes ataques ocorridos a duas de suas principais instalações petrolíferas, no último sábado (14), o país está recorrendo a suas reservas instaladas no reino e em sua rede global para continuar o fornecimento petrolífero.

Por motivos estratégicos, a Saudi Aramco, companhia nacional de petróleo, também possui algumas dezenas de milhões de barris perto de seus clientes em casos de emergência.

Inclusive, o Ministério de Energia saudita informou, na terça-feira, que o reino já alcançou o nível de fornecimento anterior ao ataque, porém, mesmo que o país tenha se munido de todo preparo, os estoques são finitos e é fundamental que os reparos aconteçam o mais rápido possível.

Fique por dentro do que acontece no mercado de petróleo e gás através da Panorama Offshore e obtenha informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobrás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.brwww.facebook.com/panoramaoffshore, @panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta