Diretor afirma: “óleo vem de campos venezuelanos”

O diretor de Assuntos Corporativos da Petrobras, Eberaldo Neto, afirmou que a análise de 30 amostras do petróleo recolhido de praias do Nordeste permitiu concluir que ele foi extraído de três campos de produção na Venezuela. “A origem do vazamento é outra coisa. A gente entende que é na costa brasileira” alegou o diretor.

O vazamento teria ocorrido no Oceano Atlântico, em uma região no caminho de uma corrente marinha que vem da África e se bifurca, seguindo para a costa setentrional do Nordeste, de um lado, e para a Bahia e o Sudeste, do outro, passando pelos locais onde o óleo tem sido recolhido.

Neto também destacou as dificuldades que a situação do óleo oferece, assim como o fato do óleo afundar e seguir para o litoral em uma camada abaixo da superfície do mar, o que dificulta a visualização dele com sobrevoos e satélites e também a contenção dele com barreiras.

Além disso, disse que em combate a intoxicação causada pelo óleo, a estatal irá distribuir equipamentos de proteção individual em comunidades do Nordeste para que voluntários possam utilizar os equipamentos e se proteger.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta