Espírito Santo terá investimentos no ramo P&G

Segundo uma estimativa do Fórum Capixaba de Petroleo e Gás (FCPG), empresas do setor de petróleo e gás devem investir R$ 24 milhões até 2024, tanto na exploração quanto na produção onshore e offshore. Nos próximos cinco anos, o setor deve movimentar ao todo R$ 40 bilhões e os outros R$ 16 bilhões seriam dos custos de operações.

Estão previstos, portanto, ampliação na produção onshore; uma nova plataforma de petróleo para operar no Litoral Sul Capixaba; perfuração de novos poços; pesquisas de exploração por novas empresas; planos de desmonte de plataformas da Petrobras; e novos leilões de áreas de exploração e produção.

“O Espírito Santo já produziu seus 400 mil barris e foram produzidos neste ano em torno de 330 mil barris de petróleo. A produção caiu, mas a receita do Estado continua excepcional. Existe uma expectativa de que as empresas invistam para aumentar essa produção, perfurando novos poços e com oportunidades vindas da saída da Petrobras e abertura do mercado. No caso aqui, com blocos em terra sendo vendidas”, disse o secretário executivo de Exploração e Produção do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

4 comentários em “Espírito Santo terá investimentos no ramo P&G

Deixe uma resposta