Fugro e TGS iniciam pesquisa de vazamentos no Golfo do México

Em colaboração com a TGS, a empresa holandesa de petróleo Fugro continua a mapear o fundo do mar no Golfo do México para reunir um quadro completo de características geológicas, incluindo vazamentos de hidrocarbonetos.

Esta última pesquisa segue a conclusão bem-sucedida de outro inquérito gigante financiado pela indústria TGS em 2016, no lado mexicano do Golfo de 1.500 km (932 milhas) de largura.

A Fugro implantou dois navios de pesquisa geofísica para adquirir os dados de perfis de ecosonda multibios (MBES) e de sub-fundo sobre as regiões ocidental, central e oriental do declive continental dos EUA.

Em profundidades de água que variam de 750 metros a mais de 4.000 metros, geocientistas a bordo do Fugro Gauss e Fugro Brasilis irão analisar a batimetria do fundo do mar, sua refletividade acústica e estruturas subterrâneas rasas para identificar as características de hidrocarbonetos No fundo do mar e em toda a coluna de água. Ambos os navios estão equipados com sistemas MBES montados em casco e os dados coletados ajudarão a uma subsequente campanha de extração geoquímica.

Os resultados finais da pesquisa fornecerão a introspecção nova na distribuição escala-regional de escapamentos de hidrocarbonetos por toda a área de águas profundas do norte do Golfo do México. A TGS irá licenciar os dados para empresas de exploração e produção para apoiar atividades de desenvolvimento nesta região prolífica.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *