GLP: Por que a Petrobras vê risco de desabastecimento?

De acordo com o presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, o risco desabastecimento do gás de cozinha, também conhecido como GLP (gás liquefeito de petróleo) é real.

O motivo disso seria a elevação do imposto sobre a gasolina – uma tentativa de salvar a indústria do etanol. Contudo, o que Castello Branco não deixa tão claro são as dificuldades do segmento GLP no Brasil, além dos problemas relacionados à oferta exclusiva do gás de cozinha pela Petrobras.

Ainda assim, o presidente da Petrobras afirma que elevar a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide) da gasolina diminuiria a demanda, obrigando a companhia a ajustar a oferta. No mais, vale lembrar que o gás de cozinha está equiparado com a produção da gasolina. Por isso, quando o volume de um é reduzido, o do outro também reduz.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

2 comentários em “GLP: Por que a Petrobras vê risco de desabastecimento?

Deixe uma resposta