Líbia Sharara reabre após curta paralisação

A Corporação Nacional de Petróleo (NOC) da Líbia reiniciou as operações do campo de petróleo de Sharara e suspendeu a declaração de força maior sobre carregamentos de petróleo do terminal de Zawiya, informou a empresa nesta segunda-feira.

O campo petrolífero, o maior do país membro da Opep, foi fechado na sexta-feira à noite, depois que um grupo não identificado fechou uma válvula no oleoduto que o conecta até Zawiya, a 49 km a oeste de Trípoli.

A válvula 13 foi reaberta na noite de domingo, informou a NOC, acrescentando que a produção foi retomada na madrugada de segunda-feira.

O campo petrolífero, que tinha uma capacidade pré-guerra civil de cerca de 340.000 barris por dia (bpd), estava bombeando a uma taxa de 290.000 bpd antes de ser fechado, disse a NOC no sábado.

Um engenheiro de campo disse à Reuters nesta segunda-feira que a produção já retornou para cerca de metade da capacidade.

A NOC declarou força maior nos embarques do petróleo de Sharara por meio do terminal de Zawiya no sábado.

“A NOC estende seus agradecimentos à equipe técnica e à Guarda de Instalações Petrolíferas por seus esforços para reabrir rapidamente o oleoduto”, disse a corporação.

A produção total de petróleo da Líbia antes da interrupção de Sharara estava em entre 1,2 milhão e 1,3 milhão de bpd, disse o chefe da NOC, Mustafa Sanalla, no início deste mês.

A NOC opera o campo de Sharara em parceria com a espanhola Repsol, a francesa Total, a OMV da Áustria e a Equinor da Noruega.

Confira as últimas notícias dos setores de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, onshore e offshore, através do portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore Fonte: Extra

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta