Medida poderá proibir a circulação de veículos movidos por gasolina, gás ou diesel

Brasil caminha para o futuro. No último sábado, 20 de outubro, no Senado, foi aprovada pela Comissão de Assuntos Econômicos o Projeto de Lei 454/2017 que pretende tirar das ruas veículos que possuem o motor movido a combustão, ou seja, por gasolina, gás ou diesel. A proibição desses veículos ocorrerá de forma gradativa até a total extinção em 2060.

A medida teria início para o ano de 2030, sendo que 90% do total de emplacamentos de veículos zero-quilômetro seriam para os que já utilizam esses combustíveis, em consequência o índice cairia para 70% em 2040, e 10% em 2050 até a proibição total em 2060. Nesta lei, estão inclusos os automóveis de passeio, pesados ou leves movidos por combustíveis fósseis, e os híbridos ou dotados por moto flex.

A proposta possui a autoria do senador Telmário Mota (PTB-RR), teve como relator do texto o senador Cristovão Buarque (PPS- DF) e será analisada pela Comissão de Meio Ambiente para ser aprovada. O setor automotivo é responsável pela emissão de 15% dos gases poluentes, com a aplicação do plano o País será altamente beneficiado pois, além de evitar a poluição terá a diminuição do efeito estufa.



Deixe uma resposta