Opep e China anunciam união para ajudar mercado

Na manhã desta quarta-feira (20), a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e a China se comprometeram publicamente, através de uma nota, a unir esforços para ajudar a estabilizar o mercado mundial da commodity. Desde o ano passado, os preços do petróleo já apresentam queda e devido à pandemia do coronavírus, estão passando por uma brusca baixa. 

A nota foi divulgada após uma reunião virtual feita que debateu o impacto do covid-19 na economia global e no mercado de petróleo, e também dos reflexos no mercado interno da commodity na China. “A reunião também alcançou um consenso sobre a importância da segurança energética e a manutenção da estabilidade nos mercados de energia, fortalecendo a colaboração entre a Opep e a China, além de apoiar e promover a importância única do multilateralismo e da globalização.”

O diretor da Administração Nacional de Energia da República Popular da China, Zhang Jianhua, disse ao secretário-geral da Opep, Mohammad Sanusi Barkindo, que o país já está se recuperando. “O país espera recuperar em breve seus antigos padrões de consumo de energia, o que deve ajudar a apoiar a indústria de petróleo. Ele acrescentou que a China quer trabalhar em estreita colaboração com a Opep para estabilizar a indústria global de petróleo, garantir segurança energética futura para o mundo e facilitar a transição energética”, citou o comunicado.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta