Opep x Xisto: uma guerra que está longe do fim

Já não é nenhuma novidade para os apreciadores do mercado de petróleo e gás que, desde novembro passado, membros da Opep e países produtores estão focados em reequilibrar a oferta e demanda de petróleo mundial. Contudo, produtores de xisto betuminoso nos Estados Unidos, país que não participa do pacto global de redução de petróleo, não parecem muito interessados na ação, visto que a atividade de exploração do óleo tem aumentado nas terras norte-americanas e as reservas não estão diminuindo.

Toda essa incerteza referente a produção de xisto e elevação no estoque tem deixado o mercado de petróleo dividido. Se por um lado cresce a expectativa de que os excedentes possam ser controlados pela Opep, do outro estão os empresários ávidos pelos lucros do óleo americano. A solução da Organização é estender o prazo de cortes por mais seis meses, no entanto, nenhuma ação garante, que tal fato conseguirá frear as reservas e elevar o preço do “ouro negro”.

Mantenha-se informando sobre todas as notícias relacionadas ao mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore aqui na Panorama Offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore.



Um comentário em “Opep x Xisto: uma guerra que está longe do fim

Deixe uma resposta