Petrobras destinará R$ 1 bilhão à Amazônia

O governo federal, Congresso Nacional e a Procuradoria Geral da República (PGR) fecharam um acordo que define a destinação dos repasses do fundo bilionário da Petrobras, avaliado em R$ 2,6 bilhões. Destes, R$ 1 bilhão será usado para o combate às queimadas e ao desmatamento na Amazônia. Já R$ 1,6 bilhão será investido na educação.

De negociação para preservação ambiental

O fundo bilionário da Petrobras é originado de negociação feita entre a petrolífera e o governo dos Estados Unidos para o encerramento de investigações do país que envolviam a estatal, consequentes da Operação Lava Jato, que teria prejudicado os investidores americanos. O acordo entre a Petrobras e os EUA ficou acertado em torno de US$ 853,2 milhões, sendo US$ 682 milhões a serem aplicados no Brasil (cerca de R$ 2,6 bilhões).

O anúncio do acordo foi feito na quinta-feira (5), pelo advogado-geral da União, André Mendonça, e pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, depois de se reunirem na presença de representantes do Senado e da Câmara dos Deputados e de integrantes de ministérios do governo no gabinete do ministro do STF, Alexandre de Moraes, também relator do tema no Supremo. Agora, o ministro vai aguardar as manifestações de todos para validar o acordo e definir a forma de aplicação dos repasses.

Confira últimas notícias dos mercados de petróleo, gás, energia, biocombustíveis, tecnologia, onshore e offshore, no portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Acesse: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore / @panoramaoffshore



Deixe uma resposta