Petroleiras avaliam danos causados por furacão Laura

Empresas de petróleo e gás nos Estados Unidos começaram a contabilizar os danos causados pelo recente furacão Laura. Equipes organizadas estão verificando plataformas offshore no Golfo do México nesta quinta-feira (27).

Dentre outros locais, o Laura passou pelos principais campos de produção de petróleo do Golfo do México, com ventos de cerca de 240 km/h (quilômetros por hora).

A Exxon Mobil, por exemplo, informou que está entrando em contato com funcionários de sua refinaria de Beaumont, no Texas, a qual processa 369 mil barris por dia, e preparando uma avaliação preliminar dos danos. A unidade esteve entre as seis fechadas nesta semana, antes da tempestade.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta