Petróleo: sauditas seguem principal fornecedor da China

A China, um dos maiores consumidores de petróleo do mundo, e há sete meses consecutivos tem a Arábia Saudita como seu principal fornecedor. Em março (o sétimo mês consecutivo), as importações da commodity aumentaram 8,8% se comparadas ao mesmo período em 2020, impulsionadas por alta na demanda e a chegada de carregamentos atrasados, segundo informações da Reuters. As importações chegaram a 7,84 milhões de toneladas de petróleo, ou 1,5 milhão de barris por dia (bpd), de acordo com informações da Administração Geral de Alfândegas.

Ademais, na China as importações também tiveram alta junto aos Emirados Árabes Unidos, com crescimento de 86% na comparação anual, e junto à Rússia, com 6% na comparação anual. Neste último caso, as importações ainda ficaram abaixo do número de bpd em fevereiro (1,91 milhão ante 1,75 milhão de bpd em março).

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta