Plano de desinvestimentos da Petrobras recupera valor acionário

Com avaliação positiva do Banco Bradesco, o plano de desinvestimentos da Petrobras (PETR3; PETR4) recuperou tração – força e visibilidade –, em um relatório enviado aos clientes do banco.

Dentre as ações do projeto de desinvestimento citado no relatório, está o recente anúncio de venda de 25% de participação no campo de Roncador, na Bacia de Campos, para a petrolífera norueguesa por US$ 2,9 bilhões. E a estatal embolsou também US$ 1,3 bilhão como resultado da abertura de capital da BR Distribuidora (BRDT3).

A Petrobras deu continuidade ao processo com a fase vinculante de alienação integral de sua participação acionária na Araucária Nitrogenados S.A. (Ansa) e de sua Unidade de Fertilizantes Nitrogenados III (UFN-III).

“A Petrobras tem uma meta de desinvestimento de US$ 21 bilhões para os anos 2017 e 2018, que deve ser submetido a alguns ajustes no Plano de Negócios estratégico revisado para 5 anos a ser anunciado esta semana”, explica o analista financeiro Filipe Gouveia.

O que acontece no mercado de petróleo e gás você obtém aqui na Panorama Offshore informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás, energias, pré-sal, biocombustíveis, combustíveis, gasolina, Petrobras e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br e www.facebook.com/panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *