Queda em estoques nos EUA dispara preço do petróleo

Uma forte queda nos estoques de petróleo nos Estados Unidos fez com que os preços da commodity subissem na manhã desta quarta-feira (5), atingindo o maior nível desde o início de março deste ano.

Apesar disso, preocupações sobre uma nova onda de infecções por coronavírus e seu impacto na economia continuam limitando os ganhos do mercado. Ainda assim, o petróleo Brent subia 1,07 dólar, ou 2,41%, a US$ 45,5 por barril, às 7h59 (horário de Brasília). O petróleo dos Estados Unidos avançava 1,11 dólar, ou 2,66%, a US$ 42,81 por barril.

Vale lembrar que os estoques da commodity nos EUA recuaram em 8,6 milhões de barris na semana até 1 de agosto, para 520 milhões de barris, frente as expectativas de analistas de uma queda de 3 milhões de barris, segundo o Instituto Americano do Petróleo.

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta