Rescisão de contrato com a Petrobras faz Bolívia procurar novos compradores de gás

Após a Petrobras sinalizar que pretende reduzir as importações de gás natural da estatal boliviana YPFB Chaco, a Bolívia está buscando novos compradores para seu produto sobressalente. O Brasil era o principal comprador do gás do país vizinho, que envolvia 30 metros cúbicos por dia sob um mecanismo “take-or-pay”. Contudo, o contrato, que vence em 2019, não será renovado pela Petrobras.

A decisão tem causado preocupação à Bolívia, que inclusive, está tentando um novo contrato com a estatal brasileira. A quebra do acordo pela Petrobras se deu devido a crescente produção de gás da própria estatal. Os preços que serão repassados pela YPFB para a Petrobras após 2019 ainda não foram acordados, no entanto, existem outros compradores envolvidos nas negociações.

Quer mais detalhes sobre o mundo offshore? Continue interagindo com o Panorama, o portal que é a ferramenta ideal para os que precisam e buscam informações e notícias de qualidade sobre petróleo, gás e offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Confira: www.panoramaoffshore.com.br   www.facebook.com/panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta