Reunião sobre redução de produção da Opep será em junho

Convocada para abril, em Viena, a reunião entre os membros da Opep e seus aliados deve ser postergada para junho deste ano, seguindo aconselhamento do Comitê de Monitoramento Ministerial Misto (JMMC). A decisão manterá os cortes na produção de petróleo dos Países até dezembro.

De acordo com o JMMC, é pouco provável que as vertentes do mercado tenham alterações grandiosas pelos próximos dois meses, por isso, a sugestão é adiar a reunião. O ministro da Arábia Saudita declarou concordância com o Comitê, no entanto, pontou que a JMMC não tem autoridade para cancelar os encontros do cartel. A confirmação da data deve ser informada oficialmente em breve pelos representantes da Opep.

Os cortes na produção foram iniciados em novembro de 2016 com o objetivo de reduzir a oferta de petróleo no mercado a fim de valorizar os preços da commodity. O primeiro acordo entre membros e países aliados foi reduzir o nível de produção de 33,6 milhões de barris diários para 32,5 milhões – queda de 3,27%. Em janeiro deste ano, os membros da Opep estimaram que o nível de conformidade do plano de cortes está em 80%.

Confira notícias importantes no mercado de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore e offshore, no portal da Panorama Offshore. Lembre-se: seu negócio passa por aqui! Confira em: www.panoramaoffshore.com.br, www.facebook.com/panoramaoffshore e Instagram @panoramaoffshore.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *