Revoluções tecnológicas serão apresentadas em seminário de Bioenergia

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) receberá em 30 de novembro o seminário Proálcool, universidades e empresas: 40 anos de ciência e tecnologia para o etanol brasileiro”. Na ocasião, serão apresentados relatos sobre a história do Proálcool e da evolução do uso da cana-de-açúcar como principal fonte de bioenergia no Brasil.

O seminário contará com a abertura de José Goldemberg, presidente da FAPESP, professor emérito da Universidade de São Paulo (USP), especialista em energia e defensor do uso de novas tecnologias para promover o desenvolvimento sustentável. Ele falará sobre a conferência 40 Anos de Bioetanol no Brasil: do Balanço Energético à Sustentabilidade.

Entre as palestras do seminários os temas irão avaliar o momento atual do etanol e as oportunidades para a produção de bioenergia a partir da cana-de-açúcar. Na ocasião, haverá a apresentação e lançamento do livro Proálcool 40 anos, por Luiz Augusto Barbosa Cortez, organizador da obra que destaca o papel central da pesquisa científica e tecnológica na concepção e desenvolvimento do programa. O trabalho de Cortez, coordenador de Relações Internacionais da Unicamp e do Núcleo Interdisciplinar de Planejamento Energético (Nipe), na universidade, também destaca no livro fatos relevantes ocorridos desde a implantação do Proálcool até a atualidade.

 

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:

Deixe uma resposta