Supercomputador aprimora exploração em óleo e gás

O Pangea III é um supercomputador que tem como finalidade aumentar a produtividade da exploração de petróleo e gás das companhias do setor. Com promessa de ser o maior do mundo, o equipamento desenvolvido pelas empresas IBM e Total Exploration contém 25 petaflops de processamento e 50 petabytes de capacidade de armazenamento.

Para aumentar a produtividade da empresa, o supercomputador vai ser capaz de processar dados que equivalem a 130 mil laptops. Dessa forma, a Total Exploration vai capturar imagens sísmicas do solo, em alta resolução, de camadas mais profundas da Terra. Além de ser possível criar modelos confiáveis de desenvolvimento e produção para reduzir os custos da companhia.

A criação ocupa a 11ª posição na lista entre os supercomputadores mais velozes do mundo, ficando atrás apenas de algumas máquinas utilizadas pelos governos e por algumas universidades. O equipamento utiliza a IBP Power9, a mesma arquitetura responsável por equipar o computador mais rápido do mundo, o Summit, que possui 200 petaflops.

Informe-se sobre os principais assuntos que envolvem os setores de petróleo, gás, energias, gasolina, combustíveis, Petrobras, onshore, offshore e tecnologias, através do portal da Panorama Offshore. Lembre-se: Seu negócio passa por aqui. Acesse: www.panoramaoffshore.com.br / www.facebook.com/panoramaoffshore /@panoramaoffshore

ACESSE AS REDES DA PANORAMA OFFSHORE:


Deixe uma resposta