Um voo da Japan Airlines colidiu com um avião de socorro ao terremoto no aeroporto de Haneda, em Tóquio, e pegou fogo.



CNN

Um voo da Japan Airlines transportando centenas de passageiros pegou fogo no aeroporto de Haneda, em Tóquio, na terça-feira, depois de colidir com um avião de socorro ao terremoto.

Todos os tripulantes e passageiros a bordo do voo 516 da JAL, incluindo oito crianças com menos de dois anos, foram ejetados com segurança do avião de passageiros, disse a companhia aérea, mas cinco das seis pessoas a bordo do outro voo teriam morrido.

O Airbus A350-900 pegou fogo após decolar da cidade de Sapporo, no norte do Japão, às 17h47, horário local (3h47 horário do leste), em Haneda.

De acordo com a emissora pública japonesa NHK, cinco tripulantes morreram no segundo avião, que se acredita ser um De Havilland Canada DHC-8 operado pela Guarda Costeira do Japão (JCG). Ele disse que o capitão do avião está em estado crítico.

A JAL está investigando a causa e os detalhes do incêndio, disse um representante da companhia aérea à CNN.

De acordo com a NHK, os bombeiros locais confirmaram que 17 pessoas a bordo do voo da Japan Airlines ficaram feridas.

No entanto, atualmente não há detalhes sobre a lesão.

Mais de 100 carros de bombeiros foram enviados em resposta ao acidente, informou a NHK.

Imagens de vídeo mostraram o jato de passageiros sendo consumido por uma enorme bola de fogo enquanto se movia pela pista. Enquanto os bombeiros tentavam apagar as chamas crescentes, as pessoas usaram escorregadores de emergência para escapar do inferno enquanto o avião estava parado.

Guy Maestre, da França, estava em um avião próximo quando o acidente aconteceu na terça-feira e lembrou-se de ter ouvido uma “enorme explosão”.

READ  Colapso da ponte de Baltimore: 6 mortos

“Espero que todos estejam seguros”, disse Maestre, que estava viajando da Filadélfia para o Japão, à CNN, acrescentando que foi “chocante de ver”.

“Eu estava no assento da janela de outro avião – estávamos nos preparando para decolar e ouvimos um grande estrondo.

“Olhamos pelas nossas janelas e vimos uma enorme chama percorrendo a pista.

“As chamas estavam ficando maiores e vimos caminhões de bombeiros na pista”.

Uma porta-voz do JCG disse à CNN que seu avião estava indo do aeroporto de Haneda para uma base aérea na província de Niigata para ajudar nos esforços de socorro após o terremoto de magnitude 7,5 de segunda-feira.

O voo 516 da Japan Airlines decolou do novo aeroporto de Chitose, em Sapporo, na província de Hokkaido, para o aeroporto de Haneda, em Tóquio, com cerca de 400 passageiros e tripulantes a bordo, informou a NHK.

A maioria das partidas do Aeroporto de Haneda já foi cancelada e não está claro quando os serviços de voo serão retomados, de acordo com reportagens da transmissão.

A CNN está entrando em contato com autoridades para confirmar mais detalhes.

Emiko Jozuka da CNN, Eric Cheung e Mayumi Maruyama contribuíram para este artigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *